domingo, 2 de fevereiro de 2014

O inferno silencioso

(Confissões)

O inferno silencioso é aquele que você não apenas sofre calado, não obstante, sua dor não pode ser dividida com ninguém.
Criei improvavelmente meu próprio inferno. Possuo inclusive meus próprios fantasmas, advirto, não são imaginários, apesar de agirem na mente.
Fiz-me meu próprio algoz.
Um verdugo me açoita dia e noite e, onde ele coloca as mãos ficam minhas digitais, assina meu nome.
Aprecio o silêncio, entretanto, às vezes grito
Grito sem voz, grito abafado, sem decibel.
É inútil, não sou ouvido.
Meu grito silencioso passa despercebido
Despercebido pelos demais continuo

Meu inferno silente