segunda-feira, 6 de junho de 2011

Triste felicidade

João Ferreira Leite Luz

(Minha história)

“Triste sorte do ser humano; sua felicidade assemelha-se a um leve esboço; chega à infelicidade, passa a borracha e o desenho se desfaz”. (Ésquilo)

Sou o caçula entre oito irmãos, e, se a vida seguir seu curso natural serei o último a morrer. Entretanto, terei o desprazer de sepultar meus irmãos e sofrerei sete vezes mais.
Trágico! Triste sorte!

Nenhum comentário: