sábado, 21 de maio de 2011

Vale a pena?

João Ferreira Leite Luz

(Reflexões)

“Valeu a pena? Tudo vale a pena. Se a alma não é pequena”.
                                                               Fernando Pessoa

Valeu a pena? Foi a pergunta que o orador daquela noite insistiu em fazer. Ele enfatizou a pergunta no sentido que, se pelo fato de reconhecermos Jesus como Senhor havia valido a pena.
Inquietei-me e preciso responder. Agora, respondo fazendo outra pergunta; o que é que se está querendo dizer quando perguntamos se valeu a pena abraçar a causa do evangelho?
A resposta é sim e não. Explico, se a pergunta for no sentido de que vale a pena abraçar a causa de Jesus e pagar um alto preço por este elevado ideal. Sim, vale a pena. Ou dito de outro modo, vale a pena não apenas possuir nobres ideais, mas sim, estar disposto a sofrer por eles. Defendo os valores do Reino não porque acho que vou ser bem sucedido, ou porque vou dar certo, mas, e acima de tudo porque vale a pena.
Agora, se a pergunta for no sentido de que se valeu a pena, pelo que estou recebendo em troca por abraçar a Cristo e sua causa. Não, não valeu a pena. Alguém já disse que “A grandeza de uma causa não é determinada pelo que seus seguidores ganham ao segui-la, mas pelo preço que estão dispostos a pagar por ela”.
Então reconhecer Jesus como Senhor, e abraçar sua causa não vale a pena pelo que vamos receber, e sim, pelo que vamos ofertar.
Não nos esqueçamos que Jesus lembrou seus primeiros discípulos que, antes de se preocuparem em salvar a vida, eles precisavam estar dispostos a perdê-la (Mc.8.35).

Sim, valeu a pena!

Fé em Deus, e pé na tábua!

Nenhum comentário: