segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

"Teologicamente inconsistente e de uma lógica simplista"

Categoria – reflexões

 “Quando a gente acha que tem todas as respostas, vem à vida e muda todas as perguntas”.
Luís Fernando Veríssimo

O frenesi era crescente; a energia crepitava no ar, a emotividade estava à flor da pele quando o pastor anunciou que um anjo de Deus estava no culto com uma espada flamejante e afiada para desfazer todos os males dos casamentos “emacumbados”.
Achei um acinte tal afirmação, melhor, infantil e descabida. Entendi nas entrelinhas dessa afirmativa que levamos 10, 15, 20 anos para destruir um casamento, e depois fazemos uma campanha de sete sextas-feiras, e pronto, Deus manda um anjo com espada na mão para desfazer a “macumba”, o feitiço, o mantra. Que absurdo, estamos oferecendo respostas tão simplistas que desafia o bom senso até dos néscios.
Na vida não existe solução fácil, Deus não resolve problemas com fórmulas mágicas, nenhum pastor, padre, monge budista ou qualquer que seja o líder religioso possui uma espécie de vara de condão que basta um clique e pronto, está tudo resolvido.
Nossa mensagem tem sido medíocre, pois está respondendo a questões irrelevantes que ninguém mais faz, e está deixando de tentar responder às questões essências ligadas à realidade crua do dia a dia do ser humano.
Na verdade, as perguntas mudam de acordo com a época em que se vive, e, também de acordo com a realidade em que se está inserido. É irresponsabilidade ficarmos debatendo questões fúteis da idade média para resolvermos nossos dilemas teológicos hoje em plena pós-modernidade, ou, tratarmos nossos problemas como se tratam os problemas nos Estados Unidos. Cada pergunta (dilema) vive uma realidade própria do seu contexto, por isso acredito que não existe resposta pronta, teologia é um labor que está por fazer, ou seja, à medida que surgem novas questões se faz a necessidade de novos pensamentos em busca de respostas que possam no mínimo indicar um caminho, porque nem sempre é possível responder a tudo.
Se você está à busca de respostas seja bem vindo, eu também estou nessa trilha. Não posso te oferecer muita coisa, mas vamos pensar juntos. E que Deus nos ajude!

“Nós devemos esperar, portanto que o futuro talvez nos instrua, por novas experiências e novos conceitos, sobre forças ainda escondidas em nosso eu pensante”.
Kant

João Ferreira Leite Luz

Nenhum comentário: